As coisas que guardei em mim


12/08/2010


Aos visitantes do blog, desculpem por não escrever nos ultimos dias rss...Muito sono rss...Correria...Eu tinha prometido que não iria mais escrever nda ligado a poesia....massssss É que eu Gosto Muito rsss.....Quem de fato me conhece vai dizer: Ahhh!!!mas você não ama ninguém!!!rss de fato não estou em estado de amar rss, mas acredito na possibilidade um dia que isso aconteça...quem sabe.

Escrito por Anna Andrade às 22h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Eu te amo

Te amo pelo seu jeito neutro e "inexistente" de ser,

Te amo pelo seu modo de agir...de se expressar,

Te amo pelo seu desamor...

Te amo por cada palavra não dita,

Te amo pelo seu embalo sustenido que me acalma e me transforma em diferentes personas...

Te amo porque apenas te amo...

Cem motivos...

Cem porquês...

E mil razões...

Apenas te amo.

 Por:  Anna Andrade

 

Escrito por Anna Andrade às 22h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

09/08/2010


Caos Social

 

 

"Tiroteio em shopping de SP durou cerca de meia hora, diz funcionário" (Enunciado de reportagem 08-08-10)

Durante o período de festas como dia das mães, pais, Natal, Páscoa....etc, é quando o índice de violência cresce nas grandes cidades, em razão do chamado induto, lei que beneficia o retorno parcial de presidiários à sociedade temporáriamente, a fim de reencontrar parentes. É irônico compreender que o induto traga crimonosos às ruas quando nós trabalhadores cumprimos nossa carga de trabalhado exercendo nossas atividades nessas datas em questão, a troco de pouco mais de um salário minímo e que em busca da minima dignidade e entretenimento vamos ao shopping e somos surpreendidos com assaltantes fortemente armados e sem exitar ao atirar. Quando vamos começar a refletir sobre a reeducação que deve ser feita em presidios? quando vamos cuidar mais de nossas crianças e adolescentes para que estes não se transformem em elementos do crime? quando vamos parar de criar cadeias que são na verdade um aglomerado de comodos de 4 paredes onde a única utilidade é a de encarceirar presos e não de prepara-los novamente para sociedade? Quando será feito um levantamente dos beneficiados dos indutos como de dias de pais e das mães, quando por muitas vezes os beneficiados não mais possuem vivos seus pais? Quando iremos de fato despertar desse caos que agora habita cá dentro de nós? Só Deus pode explicar...como dizemos a todo instante: - A minha parte eu faço! a minha parte...eu sempre faço.

 

 

Escrito por Anna Andrade às 05h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO GRANDE DA SERRA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, Esperanto, Arte e cultura, Política

Histórico